RSS

Almofadas PDF Imprimir E-mail
Índice do Artigo
Almofadas
Um toque de charme
Todas as Páginas

 

Qual a utilidade das almofadas? Às vezes, a impressão que se tem é que elas só servem para você tirá-las do lugar onde vai se sentar, ou seja, para atrapalhar.

 

 

 

Na verdade, isso seria uma injustiça.

A almofada possui alguns tipos de usos. O primeiro é para enfeitar mesmo, mais decorativo. O segundo é para se encostar na hora de ler um livro ou assistir à televisão no quarto. O outro é para sentar-se tanto no chão quanto em cadeiras mais duras como as de madeira, alumínio... Existe, também, a opção de usá-la sobre o colo para apoio de revista.

As mais bordadas, com mais detalhes - percebe-se até que são mais delicadas - têm como objetivo decorar. Portanto, ao chegar em uma casa em que o sofá está enfeitado com tais almofadas, não encoste nelas. Arecomendação do gerente de uma loja de artigos de decoração, Bruno Leandro, é trocar a almofada de lugar. "Coloque do seu lado, mas não a

ssente. Já pensou estragar a almofada?", diz.

 

 

Ele dá uma dica para distribuir as almofadas: se tiver dois sofás em sua casa, um de dois e outro de três lugares, coloque uma manta sobre um deles e três almofadas no outro.

Se o estilo de sua decoração é mais clássica, Bruno indica usar almofadas de seda misturadas com as de tecido rústico, como as de chenille. "Com tecidos diferentes e cores em harmonia, é possível montar um ambiente bem legal. Os tons pastéis remetem ao clássico. Inclusive, as cores acobreadas tem saído bastante".

As estampas imitando pele de animais, como onça, cobra, tigre também são bastante procuradas. Para equilibrar o ambiente, misture as estampas com almofadas de cores lisas. "Hoje em dia, não há necessidade ter as mesmas cores da almofada com sofá, manta... São gostos particulares. Eu não padronizo, mas procuro dar harmonia ao local", explica. Estampas com grandes florais são ótimas para ambientes externos e fazem sucesso. "Elas vem com o tecido empermeabilizado", conta Bruno.

Em ambientes mais joviais, quartos de adolescentes e de crianças, a combinação de cores cítricas cai bem em tecido jacar, fuxico, pelúcias; em formatos diferentes, como de flor, coração...

Os tamanhos variam de acordo com o local que as almofadas serão colocadas. Na cama e no sofá, elas pode ser de 40cmx40cm até 50cmx50cm. Se ficarem no chão, podem ser no tamanho de 70cmx70cm. Os tamanhos menores podem ser colocados sobre puffs.

Na cama a disposição pode ser mais na vertical, a frente dos travesseiros ou em cima deles. "Eu costumo usar em cima dos travesseiros. Fica muito bonito".

A limpeza deste acessório é um ponto importantíssimo. Afinal, ele acumula poeira assim como o sofá. Portanto, passe um aspirador de pó com freqüência nas almofadas e lave a capa de 15 em 15 dias. Já o enchimento, normalmente, é de fibras de silicone. "Esta fibra é antialérgica e tem uma durabilidade maior do que os flocos de espuma. Além disso, a fibra é inteira, mais confortável e deixa a almofada com o aspecto visual mais bonito. É uma fibra que se usa em travesseiros também", diz Bruno.

Para sentar-se em cadeiras feitas de madeira, alumínio ou outro material que precisa de maciez, são indicadas almofadas futon (foto acima, à direita), que possuem vários botões. "É um estilo indiano, sempre no mesmo modelo, mas podendo variar o tecido". Já as almofadas que vão ao chão, não necessariamente precisam ser no formato futon.

Mas os botões únicos em uma almofada podem ser somente para enfeites, como os da foto acima. Fica um charme, deixando o ambiente sofisticado. Caso tenha dúvidas sobre como combinar as cores, os tecidos, peça auxílio a um profissional. "Tem gente que traz até a foto do ambiente para eu ajudar na escolha", afirma Bruno.

Fonte: www.acessa.com